Category: Champagnes

Abrir uma garrafa de Champagne não é para amadores.

Por , 18/05/2015 17:30

Que o diga Djokovic, o grande vencedor do Master 1000 de Roma na tarde do último domingo e  atual número 1 do ranking da ATP.

Pois o nosso campeão, ao abrir o Champagne para comemorar o título, foi atingido na testa pela rolha, sem maiores consequências é verdade, mas se por acaso a rolha tivesse acertado um dos seus olhos, poderia inclusive, comprometer a sua brilhante carreira.

ad

Certa vez vez num curso de degustação ministrado pelo mestre Adolfo Lona, fiquei sabendo que é preciso tomar muito cuidado ao abrir um espumante, pois a força da pressão que existe dentro de uma garrafa , pode causar sérios problemas, se  a rolha atingir algum órgão mais sensível.

Outra coisa que eu aprendi com o mestre Lona, foi a não confiar totalmente na segurança da rolha,  pois as vezes  ela pode ser expelida imediatamente a retirada da gaiola de proteção, devido ao aumento da pressão, principalmente quando a garrafa é agitada antes de ser aberta, como costumam fazer os campeões.

Há muitos anos atrás,  ao abrir uma garrafa de espumante, para celebrar uma data especial, eu acabei quebrando o vidro da janela da minha cozinha, pois a rolha saiu da garrafa que nem um projétil e abriu um rombo no vidro,  como se tivesse sido atingido por uma bala de revólver 38.

Desde então,  eu sempre retiro a rolha e a gaiola ao mesmo tempo, fazendo pressão  com uma mão e girando a garrafa devagar, com a outra, de forma que o gás que está concentrado, vá  sendo eliminado lentamente e com total segurança.

Como foi possível assistir pela TV no último domingo, abrir uma garrafa de espumante não é coisa para amadores !

Panorama Theme by Themocracy