Category: Adriano Miolo

Só não é Champagne porque é feito no Brasil!

Por , 05/07/2017 18:51

Olá amigos!


No início de junho, durante o último encontro do Projeto Winemaker, realizado no Castelo Benvenutti em Garibaldi na Serra Gaúcha, tive o privilégio e o prazer de degustar um novo espumante que será lançado somente em 2019, quando completar 10 anos de maturação.

O Íride Miolo Brut 2009, foi elaborado pelo método Champenoise e o nome é uma homenagem à esposa de um dos fundadores da Vinícola.

abcwinemaker1.2jpg

Fiquei impressionado com a grande qualidade deste espumante, no visual apresenta uma linda cor dourada, perlage intenso e persistente, aromas de leveduras,frutas secas, mel e tostado, na boca é fresco e estruturado, possui ótima acidez e uma mistura de tudo que senti no aroma.

abcwinemaker1

Na minha opinião, só não é um Champagne, porque é  feito no Brasil, pois em termos de qualidade, nada fica a dever aos bons espumantes daquela região.

Agora é só aguardar 2 anos para conferir !

Vinho Natural da Miolo

Por , 15/03/2017 13:43

Já está em fase de elaboração em sua vinícola de Seival na Região da Campanha, o mais novo lançamento do portfólio da Miolo.

Trata-se de um Pinot Noir  da safra 2017, que esta sendo vinificado dentro dos conceitos de  vinhos naturais, sem a adição de nenhum produto enológico, até mesmo a fermentação será feita de forma espontânea através de leveduras indígenas .

Na sua primeira edição serão produzidas apenas 3.600 garrafas.

amiolo

Miolo Realiza Experiência Inédita !!

Por , 13/01/2017 13:54

Pela primeira vez na história do espumante brasileiro, uma vinícola decide  realizar a  experiência de colocar espumantes  para completar a sua evolução  em adegas no fundo mar.

abcexperiencia

Um lote de 500 garrafas da Miolo Cuvée Tradition, foram colocadas no fundo do mar da província de Bretagne, no Atlântico Norte, na França, onde ficarão armazenadas em caves submarinas, em condições ideais de escuridão, umidade total e temperatura constante.

abcexperiencia1

Ainda se sabe muito pouco sobre os resultados deste processo, pois a Amphoris, única empresa dedicada a este tipo de atividade, continua realizando estudos científicos.

O que existe de concreto é que nas avaliações as cegas realizadas por especialistas, a preferência é unânime pelos espumantes submersos.

Independente da influência que esta experiência venha a trazer para a qualidade do espumante, o certo é que o  Miolo Cuvée Tradition Brut Champenoise, que já vendeu mais de 10 mil garrafas na França, ganhará uma maior visibilidade neste país. 

Um grande vinho brasileiro pode estar a caminho

Por , 26/12/2016 16:06
A cada dia vai se confirmando a previsão de uma excelente e  quem sabe até, uma safra histórica na Serra Gaúcha em 2017.
A medida que vai se aproximando a data da colheita, vai aumentando a expectativa e o entusiasmo do grupo que está participando do Winemaker  Vinhos Tintos V, com a possibilidade de elaborar um grande D.O. Vale dos Vinhedos Merlot .
Segue abaixo, informações e imagens dos vinhedos, feitas hoje pela equipe da Miolo : 
Os dias mais quentes e as noites com temperaturas baixas, favorece o metabolismo de compostos muito importantes para a estabilidade da cor dos vinhos.  
Aqui no Grupo Miolo o trabalho continua a todo vapor, os Vinhedos estão ficando coloridos! 
abpintor
 
Sim, está iniciando a fase Pintor, aonde os cachos vão ganhando a sua coloração típica. Essa fase fenológica marca o inicio da Maturação. 
 
As bagas de uva deixam de ser verdes e duras e passam a ter elasticidade e cor tintas, no caso das castas tintas, e translúcidas ou amarelado, no caso das brancas. 
abpintor1
Essa fase é acompanhada pelo início da acumulação de açúcares e da diminuição da acidez. 
 
Chegou o período mais importante para nossos Vinhedos. 
Bons presságios nos acompanham! Venha 2017!
 

Aprendendo a fazer vinho !

Por , 26/11/2016 12:10

Depois de realizar a poda seca no mês de agosto, neste início de novembro, realizamos a  poda verde nas vinhas do projeto Winemaker da Miolo que consiste em retirar o excesso de folhas da frente dos cachos, para que as uvas recebam mais luz solar.

abcvinhedo

Em 3 meses(início de março), elas deverão estar em condições de serem colhidas e prontas para iniciar o processo de vinificação e se Deus quiser, lá estaremos para participar de mais esta etapa.

Em junho retornaremos novamente à vinícola, para definir se faremos ou não, um corte com alguma outra casta.

Ainda em junho, definiremos qual o  tipo de barrica será utilizada no envelhecimento do vinho e o tempo de maturação.  

Se tudo continuar correndo bem, as uvas Merlot deste vinhedo, darão origem a um vinho premium, com a denominação DO Vale dos Vinhedos, safra 2017 !

Cada participante do projeto, receberá 10 caixas deste vinho com o seu rótulo personalizado, podendo optar pela aquisição a parte, de um volume maior de garrafas. 

Projeto Winimaker da Miolo – O Sonho do Vinho Próprio

Por , 08/08/2016 18:40

Qual o enófilo que não sonhou um dia, em fazer o seu próprio vinho ? Pois eu, na condição de discípulo de Baco, mesmo tendo consciência  que as chances eram  remotas, as vezes imaginava esta possibilidade.

Acontece que há cerca de uns dois meses atrás, eu li uma publicação na internet  informando que  estavam abertas as inscrições para  um curso, onde uma renomada vinícola gaúcha, oferecia toda a sua estrutura e  know-how aos interessados, justamente em  realizar este sonho.

Estando eu, já numa fase da minha existência, em que o tempo vivido é maior do que o tempo que resta à viver, achei que deveria investir na realização deste sonho e decidi fazer a minha inscrição.

Lembrei das palavras de Antoine  de Saint-Exupéry que dizia: ” desta vida nada se leva…A não ser a vida que se leva…Só se deixa.”

Então quero deixar um vinho que eternize a memória deste enófilo.

awinemaker

O projeto Winimaker da Miolo, destinado a ensinar os participantes a elaborar o seu próprio vinho, começa nesta sexta-feira 12/08, em sua primeira etapa que tratará da pode seca.

apoda1

Durante quase 1 ano, um grupo de pessoas de vários estados do Brasil, participará de encontros periódicos na sede da vinícola, no Vale dos Vinhedos, em Bento Gonçalves, onde o corpo técnico da Miolo, sob a coordenação do seu diretor Adriano Miolo, ensinará na prática e na teoria, todos os processos, para a produção de um vinho com a D.O. Vale dos Vinhedos.aselo
Estaremos lá para participar desta experiência inédita e realizar o sonho improvável de  produzir o nosso próprio vinho.

acartão

Panorama Theme by Themocracy