Category: Vinhos franceses

Você sabia que existem Borgonhas feitos com Sauvignon Blanc?

Por , 03/09/2015 22:10

É bem possível que   assim como eu,  muita gente não tenha conhecimento que os vinhos da Borgonha, não são feitos apenas com as uvas Pinot Noir  e Chardonnay, como é divulgado pela grande mídia.

O que  contribui para esta  desinformação geral, é que grande parte das publicações  especializadas e  cursos sobre o mundo dos vinhos,  divulgam apenas e tão somente, os famosos e mundialmente reconhecidos, Borgonhas, produzidos com estas duas castas.

Poucos sabem que  existe um “Grand Vin de Bourgogne” denominado, Sauvignon de Saint Bris, Apellattion Village,  criada por decreto  em 10 de janeiro de 2003,  cujos vinhos são produzidos, apenas com a casta Sauvignon Blanc .

A  AOC de  Saint Bris, abrange uma área de pouco mais de 130 hectares de vinhedos, ao norte da Borgonha e fica situada  entre os vinhedos de Chablis e Auxerrois, e são divididos em cinco comunas de produção  a saber: Saint-Bris-le-Vineaux, Citry, Irancy, Quenne e Vincelottes.

Bris Saint8

Os vinhos desta denominação, com certeza não possuem  o mesmo reconhecimento dos seus conterrâneos feitos com Pinot Noir e Chardonnay, mas  são  de muito boa qualidade e seus preços são bem mais acessíveis aos bolsos dos enófilos.

bersan

bersan1

Uma boa parte destas informações que estou compartilhando com meus leitores, fiquei sabendo durante  a visita que fizemos no último mês de agosto, à   propriedade Domaine Bersan, localizada na comuna de Saint-Bris-Le-Vineaux, pertencente a descendentes de uma família que produz vinhos na região, há várias gerações.

bersan2

Bris Saint4

Conhecemos as suas caves subterrâneas , construídas nos séculos XI e XII que é um verdadeiro monumento da história da Borgonha, e ainda tivemos o privilégio de degustar os vinhos das suas diversas apelações, entre eles os da então desconhecida Sauvignon Saint Bris. 

Espero que esta publicação tenha servido,  para  que no mínimo, meia dúzia de enófilos  fiquem sabendo que  nem só de Pinot e Chardonnay vive a Borgonha. Se isto acontecer este post já terá valido a pena. 

 

 

 

Blog do Umpierre a Caminho da Borgonha

Por , 24/07/2015 09:18

Na próxima segunda-feira, estaremos embarcando, com destino a Borgonha, levando na mala uma imensa expectativa, em  conhecer a magia deste  lugar , onde o vinho é produzido há séculos e principalmente, aprender tudo que o tempo permitir, sobre as suas célebres “denominações”, suas regiões demarcadas, chamadas “climats” e os seus vinhos de estilo inimitável e personalidade diversas que há poucos dias foram declarados Patrimônio Mundial, pela UNESCO. 

borgonhapatrimonio

A nossa base será a cidade de Beaune, de onde partiremos diariamente, para as visitas que faremos a alguns produtores autênticos da região, para conhecer um pouco das suas histórias, dos seus métodos de cultivo e vinificação, e obviamente, degustar os seus vinhos.

Serão  oito dias de uma intensa agenda enogastrônomica, que prevê visitas à dez vinícolas,  degustações, almoços em vilarejos, piquenique em meio a vinhedos, jantares harmonizados, além de passeios aos principais pontos turísticos e históricos da região !

aroute

Nossa temporada na Borgonha, terá o acompanhamento personalizado  de Jean Claude e Lígia, da Consultoria Relações Brasil/Bourgogne, especializada em enoturismo na região.

Não tenho dúvidas que retornaremos da Borgonha, com um belo excesso de bagagem, mas felizmente não haverá sobretaxas  e nem o risco de ser barrado na Alfândega, pois não estipularam limite para  a importação de conhecimento,possivelmente porque ainda não encontraram uma maneira de  inspecionar o nosso intelecto .

 

 

Desconto de 30 por cento e frete grátis

Por , 16/05/2015 19:38

Os leitores que acompanham este blog há mais tempo, sabem que o nosso compromisso é escrever  com total isenção, sobre os assuntos ligados ao mundo do vinho.

Esta publicação não tem  fins lucrativos e nenhum interesse comercial de qualquer espécie, desta forma gozamos de ampla e total liberdade para dar a nossa opinião, sem nenhum tipo de condicionamento.

O que  as vezes acontece, é que no intuito de bem informar os nossos leitores, precisamos  fazer  algumas citações que acabam se tornando uma espécie de comercial, mas isto não temos como evitar. O mais importante é que não auferimos nenhuma vantagem nestas divulgações. 

Agora mesmo por exemplo, eu não posso deixar de informar, sobre a  parceria do Itaú Personnalité e da Wine.com, que está oferecendo aos clientes daquele banco, a possibilidade de comprar vinhos pelo seu site, com o expressivo desconto de 30%  e frete grátis, para entrega em todo o Brasil.

Na semana que passou,  pude comprovar que não se trata daquelas promoções, para enganar os menos avisados, onde os preços são aumentados, para depois oferecer um desconto atraente!

A  promoção é realmente muito boa e os vinhos do catálogo também, principalmente os franceses da Borgonha.

Chateau De Pourcieux-Um Rose Para Derrubar Preconceitos

Por , 20/02/2015 18:51

Nestes quase 20 anos habitando o planeta vinho, devo ter comprado no máximo, umas duas ou três garrafas de vinhos rose, os demais bebi em  eventos e apesar de ter gostado de alguns, nenhum despertou o meu entusiasmo.

Não sei ao certo os  motivos pelos quais nunca me interessei pelos roses, mas desconfio que o principal seja  preconceito. 

Ocorre que na última sexta-feira 13, eu fui surpreendido por um rose simplesmente maravilhoso.  Beber o Chateau De Pourceiux 2013, um legítimo Provence,  foi muito prazeroso e vai fazer eu explorar com mais frequência o universo dos roses.  

 

rose

Tudo é bom  neste rose, sua bela coloração salmão já seduz ao primeiro olhar, o aroma é um festival de frutas vermelhas, um mix de framboesa, cerejas e morangos, além de um agradável toque floral,  quando o palato entra em contato com o vinho é um show de sensações, desde sabor, frescor,  acidez, até o  final persistente. 

Produzido a partir de um corte de 3 uvas, Cinsault, Syrah e Grenache, não foi por mero acaso que venceu o Top Ten da Expovinis por 5 anos (2007, 2008, 2010,2011 e 2012). Pode ser tomado como aperitivo ou serve também, para acompanhar saladas,  frutos do mar, peixes, frangos grelhados e outros alimentos leves. Seu teor alcóolico é de 13.5% .

Abrir uma garrafa deste Chateau De Pourcieux, para tomar num final de tarde ou inicio de uma noite de verão, após um dia de trabalho cansativo e estressante, é  garantia de  total relaxamento e momentos de muito prazer .

 

Coleção à venda por preço abaixo de mercado

Por , 28/02/2014 19:30

Ícones  da França e Itália de safras especiais, pertencentes a uma coleção pessoal, estão sendo colocados à venda, por preço abaixo de mercado.

Os vinhos serão vendidos somente em lotes,  de no mínimo  3 garrafas.

Segue abaixo a descrição e foto  dos vinhos:

 Ícones franceses- Premier Cru Classe de Bordeaux

-Chateau Latour 1999

-Chateau Mouton Rothschild 1998

-Chateau Lafite Rothschild 2001

photo (12) (640x478)

 Clássicos italianos

-Tenuta San Guido-SASSICAIA 2008

-Marchesi Antinori- SOLAIA 2007

-Angelo Gaja-SPERSS 2005

photo (14) (640x478)

Informações mais detalhadas, serão fornecidas através do email; pauloumpierre@bol.com.br

 

Panorama Theme by Themocracy