Mês: dezembro 2015

“Poesia Engarrafada”

Que importa saber a cor Para que serve descrever aromas Ou divulgar sensações Quando um vinho me seduz Me basta curtir este momento prazeroso E torcer para que o tempo demore a passar E o vinho custe acabar