Leitor francês comenta sobre o preconceito contra os vinhos roses

photo1 (10)

No dia 01 de março, recebi  o comentário de um leitor francês, a respeito de um post que escrevi no dia 20 de fevereiro último, cujo título se chamava: Chateau De Pourcieux- Um Rose Para Derrubar Preconceitos- se por um lado fiquei muito honrado, ao saber que estou sendo lido no país  que é berço do vinho no mundo,  por outro, fiquei surpreso, pois tudo indica que não devo ter sido bem interpretado, talvez pela diferença na tradução do nosso idioma, ou até mesmo por uma possível falta de talento da minha parte, para traduzir o meu pensamento, a verdade é que o meu ilustre leitor francês, ataca, com uma certa razão, mas com algum exagero,  o preconceito aos vinhos roses, conforme vocês poderão ler abaixo:

” Olá, com todo o respeito que eu tenho  para você, o assunto é justamente que você é vítima do preconceito que rosé não é vinho! E o pior para mim é que você está induzindo uma influença muito nefasta sobre seus leitores. A onde se enfrenta com o poder critivável dos bloggers especializados que impõe uma visão puramente pessoal do seu próprio mundo do vinho.”

Assim como este comentário do leitor, a minha resposta está publicada no espaço do blog, destinado à esta finalidade, porém além disso, também decidi escrever um post sobre este assunto, não apenas para fazer uma mea culpa, mas também para ajudar a combater este preconceito que existe não só no Brasil, mas em várias partes do mundo.

Acho que vale a pena a reflexão,  pois até podemos  não gostar de um determinado tipo de vinho, mas não podemos deixar de beber, apenas por preconceito!  

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *