Apesar de já estar na terceira idade, ainda goza de boa saúde !

 No último final de semana, finalmente degustamos o Baron de Lantier Cabernet Sauvignon safra 1991, produzido no município de Garibaldi, na Serra Gaúcha, pela Bacardi-Martini do Brasil Indústria e Comércio Ltda., sob a responsabilidade do enólogo Adolfo Lona.

alnat

 

alantier1

A rolha estava quase que totalmente umedecida, exceto o ultimo milímetro da parte superior,  mas em perfeitas condições, tanto que consegui tira-la inteira, sem necessitar de  saca-rolha especial.

alnti

Seguindo recomendações, o vinho não foi decantado, abrimos a garrafa e começamos a degustação de imediato.

A sua cor  atijolada, denunciava o efeito dos  seus quase 25 anos, mas o líquido estava totalmente límpido. Os primeiros aromas lembravam claramente defumados, com toques de café em segundo plano, depois de algum tempo, surgiram aromas não muito intensos de frutas vermelhas maduras.

alan

Na boca o vinho estava perfeito, macio, boa estrutura, equilibrado, madeira super integrada e uma acidez surpreendente, seu final era de média persistência .

Antes que os fundamentalistas de plantão venham a destilar o seu ódio ao vinho nacional, quero deixar claro que a única intenção desta degustação, foi  a curiosidade de saber as condições de um vinho tinto nacional, produzido na Serra Gaúcha, há quase 25 anos atrás.

Fiquei muito feliz  ao constatar que depois de todos estes anos, o vinho  manteve intacta todas as suas caraterísticas, mesmo tendo sido elaborado numa época em que não  se tinha acesso a toda  tecnologia que existe hoje.

Depois desta degustação, posso afirmar tranquilamente que  o Baron de Lantier Cabernet Sauvignon 1991, apesar de já estar na terceira idade,  ainda goza de boa saúde !

4 comments for “Apesar de já estar na terceira idade, ainda goza de boa saúde !

  1. Jorge Ducati
    16/06/2015 at 19:30

    Boa noite Umpierre

    Gostei muito da notícia, que coincide com nossas percepções em diversas degustações de vinhos nacionais dos anos 90. Conclusão: quem diz que vinho nacional não se guarda, é porque não conhece o assunto. Guarda, sim, e isto para vinhos de outra era…os de agora serão de ainda maior guarda.
    Abraços enófilos
    Jorge Ducati

  2. 17/06/2015 at 09:28

    Prezado Ducati
    Eu também fiquei bem contente em constatar que um vinho nacional com quase 25 anos, ainda se encontra em boas condições, pois sou um entusiasta dos vinhos da nossa terra. Infelizmente devido a problemas culturais(baixa autoestima) os brasileiros valorizam mais o que vem de fora, mas aos poucos este preconceito vai caindo por terra, como já está acontecendo com o nosso espumante.
    Grande abraço
    Paulo Umpierre

  3. Leonardo Pereira
    25/04/2018 at 17:49

    Prezado Sr. Paulo
    alguma dica de vinhos nacionais para guarda de até 15 anos na atualidade?
    Grato

    tenho uma garrafa do Baron de Lantier 1987, ano de meu nascimento.

  4. 25/04/2018 at 21:08

    Prezado Leonardo!
    Atualmente existem diversos vinhos nacionais
    que tem potencial de guarda na faixa etária dos 15 anos.

    Lote 43 da Miolo, Miolo Terroir Merlot, Valmarino Cabernet Franc, Valmarino Reserva da Família,Pizzato DNA99 Merlot,Dal’Agnol DMD, Maximo Boschi Merlot, Maximo Boschi Cabernet Sauvignon e outros que não lembro agora.
    Quanto ao Baron de Lantier 1987, um vinho nacional com 31 anos, há grandes chances de estar morto.

    Obrigado por visitar nosso site!

    Grande abraço!

    Paulo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *