CARREIRA SOLO

Depois de mais de 13 anos como Enólogo-chefe da Villa Francioni de São Joaquim na serra catarinense(desde o início das atividades da vinícola), Orgalindo Bettú, vai seguir carreira solo,mas continuará dando consultoria à distância.

Para realizar seu projeto, Bettú está construindo uma vinícola na Serra Gaúcha, onde irá elaborar vinhos diferenciados, de Alta Gama e baixa produção, algo em torno de 3.000 garrafas/ano, utilizando uvas próprias de um pequeno vinhedo que adquiriu há pouco mais de 10 anos.

A previsão para lançamento dos primeiros vinhos, ainda não tem data definida, mas estima-se algo em torno de seis meses a um ano.

Os vinhos serão vendido somente na vinícola, que contará com uma sala de degustação, para que os apreciadores conheçam o produto antes de comprar.

Orgalindo não pretende investir em nenhum tipo de publicidade,para divulgar seus vinhos, pois será uma produção muito pequena e acredita que o boca a boca,será suficiente.

Não tenho dúvidas que estes vinhos farão grande sucesso entre os conhecedores.

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *