Os Pequenos Grandes Vinhos do Uruguai

Ao selecionar  3 vinícolas para visitar durante um tour de vinhos que fiz pelo Uruguai, estabeleci que uma delas deveria ser uma pequena propriedade, pouco conhecida dos brasileiros e que apresentasse algum diferencial em relação aos seus concorrentes.

Ao pesquisar na internet, encontrei uma Bodega, administrada por duas mulheres, na localidade de Las Brujas, distrito de Canelones e a única a produzir vinhos com a varietal Zinfandel, naquele país.

   

A história da Artesana, começa no ano de 2007, com a aquisição de uma área de 33 hectares, onde 8,5 ha estão plantados com Tannat, Merlot e Zinfandel.

O vinhedo recebe atenção especial, é trabalhado nos detalhes para que as plantas tenham baixo rendimento e as frutas muito concentradas.

A elaboração dos vinhos é muito cuidadosa, respeitando sempre as diferentes parcelas e com uma mínima intervenção, deixando que a uva mostre toda a sua expressão. A produção em pequena escala, permite um total controle desde o cultivo da uva, até o engarrafamento do vinho.

 

A proposta da Artesana, é produzir vinhos de alta gama e investir no enoturismo, como forma de agregar valor e tornar seus vinhos conhecidos deste público seleto.

Durante as quase 3 horas em que convivemos com a equipe da bodega, foi mais que suficiente para comprovar que a nossa escolha foi acertada.

Todos os vinhos que degustamos são realmente de grande qualidade, cada um dentro da sua característica, o que mais agradou o meu paladar foi o Tannat Reserva 2015, mas me chamou a atenção um belo varietal de Zinfandel, uma das castas mais utilizada na Califórnia e também na Puglia, sul da Itália, onde se chama Primitivo.

Foi muito prazeroso conviver alguns momentos neste lugar lindo, ao lado de pessoas simples e cordiais .

Aos amigos desta página ,recomendo fortemente, quando viajarem ao Uruguai, não deixem de agendar uma visita na Bodega Artesana.

2 comments for “Os Pequenos Grandes Vinhos do Uruguai

  1. Sueli Campos
    11/01/2018 at 19:38

    Paulo realmente nunca considerei o Uruguai como um local para ecoturismo, estou surpreso que haja está variedade de opções. A variedade de uva que vc citou (zinfandel), me perdoe a ignorância, também não conhecia. Realmente há ainda muito a aprender e descobrir! Obrigada pela informação.

  2. 11/01/2018 at 22:08

    Prezada Sueli, o enoturismo no Uruguai está em franca ascenção! Obrigado pelo seu comentário.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *