Um Presente de Grego

Depois de alguns anos sem degustar vinhos da Grécia, eis que surge na minha taça, direto das montanhas de Aegialia,na região de Peloponeso,o Tetramythos Roditis 2015,para alegrar um sábado chuvoso na Capital Gaúcha. 

Elaborado com a  uva autóctone Roditis de videiras não irrigadas, com idade entre 19 e 35 anos, cultivadas numa altitude entre 650 a 1050 metros acima do nível do mar, em solo a base de pedra calcária e clima mediterrâneo moderado, com utilização de 80% de leveduras selvagens, sem passagem por barricas de carvalho.

Ao contrário do famoso Cavalo de Tróia, de dentro da garrafa deste Tetramythos, saiu um belo vinho, de coloração amarelo e tons esverdeados, revelando aromas de média intensidade, lembrando flores de frutas cítricas e notas minerais. Na boca é delicioso, leve e fresco, de boa acidez e final cítrico, ótimo para acompanhar pratos à base de frutos do mar, saladas e alguns tipos de petiscos.

Esta garrafa foi comprada no Armazém dos Importados, em Porto Alegre, por R$105,00.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *