A PETERLONGO NÃO É MAIS AQUELA

Prestes a completar um século de existência, em 2002 a Vinícola Peterlongo, primeira produtora de espumantes no Brasil, caminhava inexoravelmente para a falência e consequentemente, para um triste desfecho, da linda história iniciada em 1915, pelo imigrante italiano Manoel Peterlongo e continuada pelo seu filho Armando.

Por obra do destino, por uma coincidência, ou por qualquer outro nome que se queira dar ao fato, o certo é que um encontro casual no aeroporto de Garibaldi, entre o empresário Luiz Carlos Sella e um  enólogo da Peterlongo, angustiado com a situação da empresa, acabou mudando o rumo da história.

Faltando apenas 5 dias para ter a sua falência decretada, a vinícola foi comprada por Luiz Sella que muito além de aceitar o desafio de recuperar a empresa, também se propôs a salvar um dos mais valiosos patrimônios da história da vitivinicultura brasileira.

A partir daquele momento, o empresário que nem gostava de vinho, mas era especialista em comprar e recuperar empresas em situação pré-falimentar, passou a trabalhar em dois pilares, renegociar com credores e gerar caixa, mas um dos maiores desafios, era e ainda é, recuperar a imagem da Peterlongo, desgastada pela elaboração de produtos de baixa qualidade, a partir dos anos 70.

Alguns anos depois, uma outra obra do acaso colocou o novo proprietário da Peterlongo, frente a frente, com o renomado consultor, produtor e enólogo francês Pascal Marty, que liderou projetos de grande sucesso, como o da criação dos vinhos Alma Viva no Chile e Opus One, nos Estados Unidos. Sella havia encontrado o comandante, para vencer a grande desconfiança dos consumidores, num primeiro momento e na sequência, colocar a vinícola entre as mais conceituadas do país.

Quase duas décadas depois, já com as finanças saneadas, a empresa ganhou fôlego para realizar uma série de investimentos, com foco na melhoria da qualidade e na criação de novos produtos. Foram adquiridas novos equipamentos e implantadas novas tecnologias, a cantina e o prédio principal, foram restaurados e os vinhedos, estão recebendo cuidados especiais.

Em outra frente, a área de marketing foi reestruturada e o enoturismo ganha um destaque especial, é criado o programa Wine Movie Peterlongo que une cinema, espumante e vinhedos, a vinícola abre as suas portas para visitações e degustações, viabiliza a locação dos salões para eventos, inaugura o museu do vinho, com peças e equipamentos antigos, fotos e documentos raros doados pela comunidade, além de uma nova loja de varejo que disponibiliza aos visitantes, toda sua linha de produtos. 

Em visita recente às instalações da vinícola, além de degustar bons vinhos e espumantes, da nova linha, foi possível constatar um clima de otimismo no ar, fruto dos bons resultados que já começam a aparecer, após um longo período, para colocar ordem na casa.

Não resta a menor dúvida que estamos diante de uma nova empresa, a Peterlongo não é mais aquela do final do século XX !    

 

 

6 comments for “A PETERLONGO NÃO É MAIS AQUELA

  1. 30/01/2019 at 11:30

    Fico muito feliz quando leio este tipo de reportagem. Confirma o que sempre falo com meus filhos: persista que você consegue.

  2. 30/01/2019 at 12:07

    Olá Paulo!

    É isso mesmo que você falou, a persistência é um dos fatores de sucesso!

    Obrigado por acessar nosso blog>

    Abraço.

    Paulo Umpierre

  3. Telma Patto
    01/02/2019 at 10:46

    Sou apreciadora de vinhos, essa reportagem me deixa muito feliz .!!!

  4. 01/02/2019 at 16:39

    Olá Telma!

    Com certeza muita gente ficou feliz e agradecida ao empresário Luiz Sella, por ter salvado o patrimônio mais valioso da história do vinho brasileiro !

    Obrigado por acessar o nosso blogo !

    Saudações

    Paulo Umpierre

  5. 14/02/2019 at 14:59

    Muito interessante! Fico feliz em saber dessa história e também curioso para conhecer os produtos da Peterlongo após toda essa reestruturação. Como a matéria mesmo diz Peterlongo era sinônimo de espumantes de baixa qualidade mas agora me parece que procuram outro nicho de mercado. Bora conhecer!

  6. 14/02/2019 at 17:05

    Olá Marcius!

    É isso mesmo, o foco da Peterlongo agora é investir na qualidade e na criação de novos produtos.

    Obrigado por visitar a nossa página!

    abraço.

    Paulo Umpierre

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *