GOSTINHO DE QUERO MAIS

 Não tenho queixas dos vinhos que ando tomando neste período de isolamento social, pelo contrário, tem muita coisa boa frequentando a minha taça !

Um exemplo disso, é este belo tinto, da excepcional safra 2020, elaborado com uvas de Vacaria, na região dos Campos de Cima da Serra e de Pinheiro Machado, na Serra do Sudeste. No corte, a Pinot Noir entrou com 50%, a Gamay teve 30% e a Negroamaro, participou com 20%, como se vê, a composição do blend, é bem incomum, aqui por estas bandas.

O vinho foi fermentado, com leveduras nativas e não sofreu nenhum tipo de intervenção .

A cor tá linda, o vinho está límpido, o aroma é agradável, tem boa intensidade, me lembrou das amoras da minha adolescência que eu comia direto das árvores do pátio, do colégio em Bagé, na boca está super redondo, é um vinho fresco, de corpo médio,álcool equilibrado, boa acidez, tem uma nota picante e persistência média. Bebemos a garrafa, ao longo de uma tarde, e o vinho foi ficando cada vez melhor, com o passar das horas, quando acabou, ficou aquele famoso gostinho de quero mais.
Parabéns ao vinhateiro James Carl @jamescarl.negroponte, pela bela obra!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *